O CRB-10

Ainda no clima de relato de palestras e eventos, relato aqui uma reunião que aconteceu em setembro de 2011 no Conselho Regional de Biblioteconomia – Região 10, o CRB-10. Esta reunião tinha como pauta a apresentação do Conselho e a formação de chapa para as próximas eleições.

As chapas devem ser formadas de 12 conselheiros efetivos e de seis suplentes, que deliberam e votam em reuniões geralmente abertas aos associados. O número aproximado é de 2200 bibliotecários registrados no conselho, mas apenas 1200 estão classificados como ativos.

Também foi apresentado o dado de que 25% das receitas dos conselhos regionais são destinados ao Conselho Federal, que acaba por auxiliar financeiramente conselhos regionais com problema — inclusive doando sedes para os que ainda não têm. As despesas do CRB-10, uma autarquia federal, são organizadas por rubricas: 50% para pessoal, uma parcela para questões de manutenção, outra para a fiscalização — motivo da existência do Conselho —, e outros gastos. Para gastos de “continuidade”, como contadores e advogados, há necessidade de licitação para os contratos acontecerem.

Não fiquei até o final para ver os candidatos à chapa única.